15 de jul de 2009

A maldição Junina

Postado por Costela


Há algum tempo eu venho formulando uma teoria que se comprava a cada mês de Julho - acho que Janeiro também pode ser considerado. É a teoria da Maldição Julina. Calma que eu explico. Você foi condicionado a vida inteira a simplesmente parar no mês de julho. Ok, ok, janeiro também… mas julho é diferente, janeiro tá todo mundo molenga, em julho sempre foi mais gostoso porque todo mundo continua na pilha e você e seus amigos vão para esbórnia.

Você que tem aí os seus 20 e poucos anos, ainda não se desligou totalmente do calendário “escolar”. Até o final da faculdade, estamos sujeitos a ele. Isso começou quando você mal sabia falar e Newton era o porteiro do colégio. Olha só, eu tenho 22 anos… desses aí, uns 18 - no mínimo - julho significa frio, muitos cobertores, filmes, amigos, porra nenhuma pra fazer, cachaça, churrasco… (intermináveis coisas que fazemos nas férias). Daí você vai lá, cisma dessa palhaçada toda de envelhecer, trabalhar e não sei o que… e julho? Para os adultos (eca!) Julho é um março fazendo frio. Daqueles meses bem caídos, que tudo continua na mesma.

O problema é que a maioria de nós tem uma coisa que ali dentro da cabeça que está pouco se fodendo para o que você quer. O cérebro meu amigo, minha amiga. Ou - carinhosamente chamado por mim - maldito pedaço de carne que não me obedece (tem outra parte do meu corpo que eu chamo praticamente do mesmo nome, só troco o maldito por bendito). Sim, a nossa massa cinzenta que - apesar do que dizem os estudos - é lerda, grita lá de cima. “Que porra é essa?! É JULHO meu filho!”. Ele grita isso, toda vez que você acorda às 8 - você nem imagina o que ele diz quando é 7 -, toda vez que você vai trabalhar, toda vez que você jura que vai escrever no blog, toda vez que [qualquer coisa que não esteja relacionada inteiramente ao prazer das férias].

Não é apenas eu, tenho certeza que muita gente lá pelos 32 (depois disso a maioria já é adulto de verdade, igual aqueles de quando a gente é criança) ainda sente um peso puxando para trás durante os 31 dias de julho. Todo mundo sente que tem algo errado no mundo.

Eu exijo ponto facultativo no mês de julho. O candidato que apresentar a proposta tem o meu voto.

Falo sério.

****************************

Texto extraído na íntegra do blog de um amigo. O Crepúsculo.
Leiam. Os textos dele são ÓTIMOS!

Nenhum comentário: