27 de ago de 2009

Xuxa entra com processo contra Twitter e ameaça censurar o serviço no Brasil

Postado por Costela


5 comentários:

Anônimo disse...

Cabe ao público brasileiro decidir e agir!

Esse lance de celebridade sem razão de ser? A xuxa tem uma voz gasguita e irritante, é uma hipócrita censurista, um "talento" fabricado.

O que dava audiência no programa da Xuxa, "rainha dos baixinhos", eram os desenhos e a alusão às chacretes como a Rita Cadilac.

Com certeza viveríamos melhor se em vez de ficarmos perdendo tempo perseguindo a coitada da Xuxa, então fazer algo bem mais útil?

Por exemplo:

Todos estão informados sobre a situação política brasileira, por que não apontam os defeitos, mostrem suas indignações contra a gente que fica ROUBANDO NOSSO DINHEIRO... Por que não fazem isso?

Intolerância e indignação total diante da corrupção!

Anônimo disse...

Ela é burra mas muito rica! (Somente sua vaidade foi ferida)Vejam bem, ela não fez sucesso como professora de português, deixem isso para o famoso professor "Pasquale Cipro Neto". Revelou-se com a promoção intensiva da mídia, excelente animadora infantil de programas de TV. (Bastava ter um olhar meigo, cuidar da alegria da criançada com seu repertórios de canções, desenhos animados e ninfetas batizadas de paquitas).

A TV brasileira de tempos em tempos, sempre promoveu um programa infantil liderado por uma simpática apresentadora. E não há mal nisso. Ela só lia textos preparados pela produção e era competente em "animar a festa", caso contrário não faria tanto sucesso entre os baixinhos. Agora, muitos a desejam sexualmente pela imagem do que ela foi. (Recusam-se a vê-la como uma velha senhora!)

Juneka disse...

Adorei o post completo, o texo é muito bom.
Hilário a galera acreditando! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Dicas de 27.8.2009

Twitter, processo, Xuxa: desdobramentos de uma notícia falsa →
Como publicar uma notícia falsa sobre o processo de Xuxa ao Twitter
27.8.2009 | Ética para blogs / por Alessandro Martins

http://queroterumblog.com/como-publicar-uma-noticia-falsa-sobre-o-processo-de-xuxa-ao-twitter/

Basta não checar as informações antes de propagá-las. Sem checagem, pode-se passar adiante uma informação falsa. Coisa que pessoas, cheias de boa fé, fizeram o dia inteiro no Twitter.

Como as novas comunicações funcionam por proximidade social, como confiamos nas pessoas que estão próximas a nós e como, ao mesmo tempo, os fatos tem a importância diluída pela distância com que ocorrem de nós, o ciclo de propagação se mantém. O emissor está próximo, o fato distante, num misto de importância e desimportância que a tudo banaliza.

A boa fé, no entanto, não dispensa ninguém de checar informações ou ao menos ler um texto completo antes de passá-lo adiante, sobretudo neste instante em que o leitor faz o papel de divulgador. Você e eu passamos a ser responsáveis também.

Para piorar, os seguintes jornais online publicaram hoje notícias falsas sobre um suposto processo de Xuxa ao Twitter.

•Meio Norte (atualização: o link original agora tem um apontamento automático para a página do blog que publicou a notícia falsa primeiro)
•TV Canal 13
•180 Graus
Aparentemente, todos são de Teresina, no Piauí.

O mais notável é que, apesar de a notícia ter sido copiada quase que integralmente de um blog, que provavelmente a inventou (nesse caso sim com má fé), o primeiro portal engoliu a história com farinha e ainda colocou créditos para a GloboNews, no que foi imitado pelos outros sites.

O detalhe é que, a partir do momento em que uma notícia falsa é replicada por jornais supostamente sérios ela passa a ter um maior grau de credibilidade, independentemente de sua falsidade.

Notei que o blog onde se originou o problema toma o cuidado de colocar a seguinte informação no rodapé de suas ficções, a exemplo de outros posts seus.

E, então, leitor: tal aviso exime o editor desse blog da responsabilidade sobre qualquer interpretação errada e qualquer consequência que o artigo possa vir a ter? O que você acha?

http://queroterumblog.com/sempre-cheque-as-informacoes-antes-de-passar-adiante/

Durante o bate-papo sobre remuneração de blogs que aconteceu nesta semana na Casa Mário de Andrade tive o descuido de dizer que a internet é responsável pela propagação de informações erradas já que as pessoas não as checam antes de passá-las adiante.

Anônimo disse...

Alessandro Martins em 28.8.2009 às 7:18 pm

Claudia,

você não acha estranho que, agora, a página do Meio Norte tenha um apontamento automático para o Jogando Praga?

Abraços!

http://queroterumblog.com/como-publicar-uma-noticia-falsa-sobre-o-processo-de-xuxa-ao-twitter/