10 de dez de 2009

Doom Marine é nosso herói!!!

Postado por Zoi de Tandera




Tem ou não tem a moral?

Todos nós temos aquele super-herói que curtíamos (e muitos ainda curtem hoje em dia) na infância. Até onde eu sei, este herói para o Costela é o Wolverine, e do Abutre eu nem sei. Mas hoje irei escrever sobre o personagem favorito da minha infância feliz e remelenta: Doom Marine.

Lembro como se fosse ontem: aquele K62500, com 1G de HD e 128mb de RAM, na sala daqui de casa. Ainda hoje me pergunto como os seres humanos não foram devorados por animais selvagens enquanto permaneceram durante tanto tempo usando uma ferramenta tão atrasada.

De qualquer forma, foi nessa carroça que se passaram muitos dos meus momentos felizes da minha infância do qual recordo com carinho. Um deles é de ver meu pai jogando Doom II for Windows. Eu era muito pequeno pra jogar, então eu ficava ali, assistindo ele jogar, o dia inteiro se eu pudesse, e me divertia como se fosse eu o jogador. Mas ainda assim não consio acreditar como a gente se divertia naquela velharia.


Meu pai guelaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaando Doom II for Windows.

Como bom nerd que meu pai foi (e ainda é) não tardou muito para que ele me ensinasse a jogar. Ainda me lembro da primeira vez que zerei Doom II no modo Nightmare, o mais difícil e sanguinário. E olha que eu tinha apenas 7 anos de idade. Bons tempos aqueles.

Ainda hoje o Doom Marine é meu herói favorito. Resumindo a história do jogo: o cara teve a moral de trucar o general dele quando foi mandado abrir fogo contra civis desarmados, foi mandado pra Marte como punição, livrou Marte e suas duas luas dos monstros, foi pro Inferno e acabou com todos os demônios de lá (!), lutou com mais alguns na viagem de volta pra Terra e ainda libertou o nosso planeta de todas as bestas infernais. E isso tudo usando uma motosserra velha a diesel, uma pistolinha quase descarregada, um soco inglês que mais parecia um prego soldado em um anel e uma armadura verde que não protege porra nenhuma. O cara tem ou não tem a manha?


A motosserra que ele usou foi disso aí pra pior. E homens com mais equipamentos conseguiram muito menos do que ele.

O incrível é que, mesmo com uma história tão bacana, os criadores de Doom não se importaram tanto assim com a história do jogo. Segundo John Carmack, um dos criadores, "a história em um jogo é tão importante quano a música em um filme pornô: ninguém presta atenção, mas todo mundo espera que esteja lá".

Doom não foi tão inovador nesse tipo de jogo, mas com certeza foi ele que popularizou o gênero: os jogos de tiro em primeira pessoa (First Person Shooter - FPS). Outros antes dele, como Wolfenstein fizeram sucesso, mas não um sucesso tão estrondoso quanto Doom.

Outro ponto importante sobre esse jogo é a polêmica: não era todo dia que nos anos 90 era lançado um jogo com imagens e personagens satânicos. E principalmente jogos satânicos que faziam tanto sucesso. Houve nos anos 90 uma quase-epidemia de viciados nesse jogo, já tava quase virando um problema de saúde pública: tinha gente que jogava Doom durante 24, 48 horas direto. Além disso, fontes confiáveis dizem que os jovens algozes do Massacre de Columbine eram viciados em Doom, e que se inspiraram no jogo para cometer os assassinatos.

Mesmo com tanta polêmica, sangue, satanismo e comparações com filmes pornográficos, Doom ainda é meu jogo favorito. E o Doom Marine é meu herói.

Pra finalizar, deixo aqui um videozinho bacana: os criadores pegaram as figuras de uma revista em quadrinhos em edição única de Doom, animaram em um slide show, dublaram e colocaram os sons característicos do jogo. O resultado ficou incrível!


"I'm a bad man! How bad? Real bad? I'm a 12.0 on the 10.0 scale of badness! I don't need a gun! GUNS ARE FOR WUSSIES!!!"

4 comentários:

OnlineVnA disse...

"Abutre eu nem sei."
O dele e o HOMEM CUECA.

Abutre disse...

K6II-500 uma ova ... se me lembro bem era um Pentium-S 133Mhz com 32 de RAM.

K6II-500 era pros boy.

Costela disse...

Eu falei com o meu irmão que a gente num teve porra nenhuma de K62-500.
A gente já teve um P4, um P-S 133, e se não me engano um Commodoro 64.

Doony Start disse...

cara entaum noiz tem algo em comuns
ele tambem é meu super heroi, na verdade se eu poder vou me tornar canhoto e comprar os direitos autorais
hahahahahahahaha
é serio tah