7 de mai de 2010

Que porra é Alegrete?

Postado por Abutre

Já deu pra perceber que está faltando post meu aqui, mas ainda bem que o Zoi e o Costela não deixam a coisa ficar feia. A real mesmo é que eu estou viajando a trabalho (como sempre) e as vezes fica osso arrumar tempo. O bom é que no final de semana eu tenho tempo de sobra. E falando nisso vou ter que passar o dia das Mães e o aniversário da minha mulher aqui em Porto Alegre. Se eu continuar nessa vida ela arranca meu pinto fora (minha mulher é claro).
Deixando o blá blá blá de lado eu fiz este post dedicado ao povo daqui do sul tchê. Bah, aqui tem uma galera tri legal e um monte de galega arrumada.
Então pra quem não viu ainda The Guritles senta e da uma risadinha.



Este é o canto do Alegrete parodiado, e para quem também não entendeu mais de 80% da letra por causa do sotaque é só acompanhar aqui em baixo.

Não me perguntes onde fica o Alegrete
Segue o rumo do seu próprio coração
Cruzarás pela estrada algum ginete
E ouvirás toque de gaita e violão.

Prá quem chega de Rosário ao fim da tarde
Ou quem vem de Uruguaiana de manhã
Tem o sol como uma brasa que ainda arde
Mergulhado no Rio Ibirapuitã.

Ouve o canto gaucheso e brasileiro
Desta terra que eu amei desde guri
Flor de tuna, camoatim de mel campeiro
Pedra moura das quebradas do Inhanduy.

Ouve o canto gaucheso e brasileiro
Desta terra que eu amei desde guri
Flor de tuna, camoatim de mel campeiro
Pedra moura das quebradas do Inhanduy.

E na hora derradeira que eu mereça
Ver o sol alegretense entardecer
Como os potros vou virar minha cabeça
Para os pagos no momento de morrer.

E nos olhos vou levar o encantamento
Desta terra que eu amei com devoção
Cada verso que eu componho é um pagamento
De uma dívida de amor e gratidão.

Ouve o canto gaucheso e brasileiro
Desta terra que eu amei desde guri
Flor de tuna, camoatim de mel campeiro
Pedra moura das quebradas do Inhanduy

Ouve o canto gaucheso e brasileiro
Desta terra que eu amei desde guri
Flor de tuna, camoatim de mel campeiro
Pedra moura das quebradas do Inhanduy

Ouve o canto gaucheso e brasileiro
Desta terra que eu amei desde guri
Flor de tuna, camoatim de mel campeiro
Pedra moura das quebradas do Inhanduy

Se quiser ouvir na íntegra clique aqui

BONUS TRACK

Nenhum comentário: