30 de nov de 2010

Disconnect to connect

Postado por Costela

Holy shit fedelho from hell!

Postado por Abutre

Tudo bem que tem horas que esse guri parece um filhote de chimpanzé mas manda muuuito.

Eeeeessa é talentosa!

Postado por Costela

Essa foi preparada pro show de talentos.


(8) Já ganhou! Já ganhou! Já ganhou! (8)

Nunca, NUNCA comemore antes da hora

Postado por Costela

29 de nov de 2010

Qual personagem do video-game corre mais?

Postado por Costela

Um cara muito desocupado talentoso reuniu vários jogos antigos, contou os pixels que os personagens percorriam em determinado tempo e descobriu qual deles era mais rápido. Manja a qualidade do trabalho:


Mas o Mario ganha. CETÊZE!

Todo castigo é pouco para quem tenta aparecer

Postado por Costela

Skate off road? OK
Alta velocidade? OK
Rampa pra pular? OK
Fogo? É MUITO FOGO NO RABO!

26 de nov de 2010

PVC for life

Postado por Cosetla

Fazer sons com canos é algo relativamente simples certo? Então truca esse cara aí:

25 de nov de 2010

Crônica: Haroldo e o pen drive

Postado por Costela

Haroldo tirou o papel do bolso, conferiu a anotação e perguntou à balconista:

– Moça, vocês têm pen drive?
– Temos, sim.
– O que é pen drive? Pode me esclarecer? Meu filho me pediu para comprar um.
– Bom, pen drive é um aparelho em que o senhor salva tudo o que tem no computador.
– Ah, como um disquete...
– Não. No pen drive o senhor pode salvar textos, imagens e filmes. O disquete, que nem existe mais, só salva texto.
– Ah, tá. bom, vou querer.
– Quantos gigas?
– Hein?
– De quantos gigas o senhor quer o seu pen drive?
– O que é gigas?
– É o tamanho do pen.
– Ah, tá, eu queria um pequeno, que dê para levar no bolso, sem fazer muito volume.
– Todos são pequenos, senhor. O tamanho, aí, é a quantidade de coisas que ele pode arquivar.
– Ah, tá. E quantos tamanhos têm?
– Dois, quatro, oito e até dez gigas.
– Hummmm, meu filho não falou quantos gigas queria.
– Neste caso, o melhor é levar o maior.
– Sim, eu acho que sim. Quanto custa?
– Bem, o de dez gigas é o mais caro. A sua entrada é USB?
– Como?
– É que para acoplar o pen no computador, tem que ter uma entrada compatível.
– USB não é a potência do ar condicionado?
– Não, aquilo é BTU.
– Ah é, isso mesmo. Confundi as iniciais. Bom, sei lá se a minha entrada é USB.
– USB é assim ó, com dentinhos que se encaixam nos buraquinhos do computador. O outro tipo é este, o P2, mais tradicional, o senhor só tem que enfiar o pino no buraco redondo.
– Hmmmm..., enfiar o pino no buraquinho, né?
– Hehehe. O seu computador é novo ou velho? Se for novo é USB, se for velho é P2.
– Acho que o meu tem uns dois anos. O anterior ainda era com disquete. Lembra do disquete? Quadradinho, preto, fácil de carregar, quase não tinha peso. O meu primeiro computador funcionava com aqueles disquetes do tipo bolacha, grandões e quadrados. Era bem mais simples, não acha?
– Os de hoje nem têm mais entrada para disquete. Ou é CD ou pen drive.
– Que coisa! Bem, não sei o que fazer. Acho melhor perguntar ao meu filho.
– Quem sabe o senhor liga para ele?
– Bem que eu gostaria, mas meu celular é novo, tem tanta coisa nele que ainda não aprendi a discar.
– Deixa eu ver. Poxa, um Smarthphone, este é bom mesmo, tem Bluetooth, woofle, brufle, trifle, banda larga, teclado touchpad, câmera fotográfica, filmadora, radio AM/FM, dá pra mandar e receber e-mail, torpedo direcional, micro-ondas e conexão wireless.
– Micro-ondas? Dá para cozinhar nele?
– Não senhor, assim o senhor me faz rir, é que ele funciona no sub-padrão, por isso é muito mais rápido.
– E Bluetooth? Estou emocionado. Não entendo como os celulares anteriores não possuíam Bluetooth.
– O senhor sabe para que serve?
– É claro que não.
– É para comunicar um celular com outro, sem fio.
– Que maravilha! Essa é uma grande novidade! Mas os celulares já não se comunicam com os outros sem usar fio? Nunca precisei fio para ligar para outro celular. Fio em celular, que eu saiba, é
apenas para carregar a bateria...
– Não, já vi que o senhor não entende nada, mesmo. Com o Bluetooth o senhor passa os dados do seu celular para outro, sem usar fio. Lista de telefones, por exemplo.
– Ah, e antes precisava fio?
– Não, tinha que trocar o chip.
– Hein? Ah, sim, o chip. E hoje não precisa mais chip...
– Precisa, sim, mas o Bluetooth é bem melhor.
– Legal esse negócio do chip. O meu celular tem chip?
– Momentinho... Deixa eu ver... Sim, tem chip.
– E faço o quê, com o chip?
– Se o senhor quiser trocar de operadora, portabilidade, o senhor sabe.
– Sei, sim, portabilidade, não é?, claro que sei. Não ia saber uma coisa dessas, tão simples? Imagino, então que para ligar tudo isso, no meu celular, depois de fazer um curso de dois meses, eu só preciso clicar nuns duzentos botões...
– Nãão, é tudo muito simples, o senhor logo apreende. Quer ligar para o seu filho? Anote aqui o número dele. Isto. Agora é só teclar, um momentinho, e apertar no botão verde... pronto, está chamando.
Haroldo segura o celular com a ponta dos dedos, temendo ser levado pelos ares, para um outro planeta:
– Oi filhão, é o papai. Sim. Me diz, filho, o seu pen drive é de quantos... Como é mesmo o nome? Ah, obrigado, quantos gigas? Quatro gigas está bom? Ótimo. E tem outra coisa, o que era mesmo? Nossa conexão é USB? É? Que loucura. Então tá, filho, papai está comprando o teu pen drive. De noite eu levo para casa.
– Que idade tem seu filho?
– Vai fazer dez em março.
– Que gracinha...
– É isto moça, vou levar um de quatro gigas, com conexão USB.
– Certo, senhor. Quer para presente?

Mais tarde, no escritório, examinou o pen drive, um minúsculo objeto, menor do que um isqueiro, capaz de gravar filmes? Onde iremos parar? Olha, com receio, para o celular sobre a mesa.
Máquina infernal, pensa.
Tudo o que ele quer é um telefone, para discar e receber chamadas. E tem, nas mãos, um equipamento sofisticado, tão complexo que ninguém que não seja especialista ou tenha mais de quarenta, saberá compreender.

Em casa, ele entrega o pen drive ao filho e pede para ver como funciona.
O garoto insere o aparelho e na tela abre-se uma janela. Em seguida, com o mouse, abre uma página da internet, em inglês. Seleciona umas palavras e um roque infernal invade o quarto e os ouvidos de Haroldo.
Um outro clique e, quando a música termina, o garoto diz:

– Pronto pai, baixei a música. Agora eu levo o pen drive para qualquer lugar e onde tiver uma entrada USB eu posso ouvir a música. No meu celular, por exemplo.
– Teu celular tem entrada USB?
– É lógico. O teu também tem.
– É? Quer dizer que eu posso gravar músicas num pen drive e ouvir pelo celular?
– Se o senhor não quiser baixar direto da internet...

Naquela noite, antes de dormir, deu um beijo na esposa Clarinha e disse:
– Sabia que o meu telefone é um Smarthphone. Sabia que ele tem Bluetooth, woofle, brufle, trifle, banda larga, teclado touchpad, câmera fotográfica, filmadora, radio AM/FM, dá pra mandar e receber e-mail, torpedo direcional, micro-ondas e conexão wireless.
– Como é que é?
– Não vai me dizer que não sabe do que eu estou falando ? Como você é ignorante mulher.
– Haroldo, vê se não enche, vai a merda, e deixa eu dormir que amanhã eu tenho que trabalhar tá bom.

Escrito por Rosângela Monnerat

Best of Fails 2010

Postado por Costela


Ô LOCO MEO! Olha o tamanho da fera. Ralou a porpeta. Imagina você que tem bico de papagaio.

24 de nov de 2010

Fluxograma das Nascar

Postado por Costela

E se o Apu Nahasapeemapetilon abandonasse o Kwik E' Mart e virasse metaleiro?

Postado por Zoi de Tandera


Ia ficar uma parada mais ou menos assim:

Ele esperou a vida inteira por este momento

Postado por Zoi de Tandera



BOCA SUJAAAAAAAAAM!!! SEM VERGONHAAAAAAAM!!! SEM VERGONHAAAAAAAAAAAAM!!!



Toma, anãzinha chata!!!

MEO DEOS!!! Alguém dá os remédio desse cara pra ele parar de trollar aí, ó! Digam pra esse ciborgue velho senhor que ele tá lidando com uma criança na televisão!

22 de nov de 2010

Correr sobre a água my ass

Postado por Costela

Há algum tempo apareceu na net um vídeo de um pessoal correndo sobre a água.


Esses caras se valiam da capacidade que alguns lagartos tem, de correr sobre a água quando estão à grandes velocidades.
O que esses caras esqueceram de dizer é que o ser humano teria de correr pelo menos á 150 Km/h para a resistência de nosso pé, que é pequeno, nos manter acima da água.



Mesmo com TUDO apontando contra a brincadeira, teve pessoas com mentes elevadas acreditando que é possível correr sobre a água com a técnica acima.
Como bom cientista que sou sempre defendi a tese de que isso não era assim tão simples, e como é de praxe fui rechaçado. A teoria de uma plataforma um pouco abaixo da superfície da água era "fácil demais". Teoricamente "é mais fácil duvidar do que acreditar".

ATÉ QUE...


Os próprios caras do vídeo acima disseram que a parada é toda mentira.
"Mas como o Pânico fez e lá deu certo?" Aaaaaah tá. O Pânico nem deve ter dinheiro pra pedir ao Sô Zé pra fazer uma rampinha de madeira pra colocar no fundo do lago né?

Isso tudo só me faz dizer: EU AVISEI!

21 de nov de 2010

Código de conduta da pirataria

Postado por Zoi de Tandera



As leis do código civil pirata já são usadas há muito tempo, desde o meu tátátátátátátátátátátátátá...[x452]...tátátátáravô!!!

A vida de um pirata não era épica como mostra o cinema. Quem se aventurava em empreitadas no mar não vivia a base de rum, com cortesãs à sua volta e em festas no barco todo dia. O dia-a-dia era duro, a alimentação era precária, a água turva, malcheirosa e extremamente racionada, eles passavam semanas comendo só bolachas roídas por baratas, e quando esta faltava, chegavam ao ponto de comer serragem e couro amolecido em água do mar. A higiene era quase inexistente, doenças se alastravam rapidamente, machucados se infeccionavam brutalmente, e com isso, simples ferimentos culminavam em amputações. Sem contar com a convivência à bordo: o marasmo de passar semanas ou meses direto em alto-mar fazia com que o tédio se tornasse insuportável, assim, qualquer discussão simples poderia se tornar uma briga feia, uma carnificina ou até um motim. Para tentar controlar os ânimos, muitos capitães piratas famosos criaram códigos de conduta para seus subordinados, normalmente chamados de "códigos civis":

1 - Todos os homens à bordo, desde o capitão até eventuais prisioneiros devem obedecer ao código civil;

2 - Todo homem, excluindo prisioneiros, tem direito de voto em momentos de decisão que envolvem toda a tripulação;

3 - Todos receberão iguais porções de provisões, como comida, água, bebidas, tabaco e outros, e poderão usar estas como bem entender, excluíndo momentos de racionamento de provisões (o que não era incomum à bordo);

4 - Os tripulantes só poderão ser chamados em seu turno, conforme lista, pois fora dele está livre para descansar ou fazer o que bem entender, desde que não ultraje as regras do código;

5 - Quem defraudar a companhia (como era chamada a "empresa" que representava o navio pirata) em valores altos, tentar fugir ou esconder algum segredo da tripulação receberia o castigo chamado marooning (ser abandonado em um banco de areia em alto-mar) com uma garrafa d'água, uma pequena arma, pólvora e munições. Se o valor for pequeno, terá uma orelha ou o nariz cortado e será abandonado em uma ilha também abandonada, mas um pouco mais "vivível";

6 - Se algum pirata for capturado e seguir o código civil do seu navio de origem sem o consentimento do capitão e da tripulação sofrerá o castigo que estes decidirem.

7 - Jogos de azar envolvendo dinheiro são proibidos à bordo;

8 - Quem jogar envolvendo valores superiores à um Peso ou roubar valor igual será maroonado, porém portando uma arma e uma única bala;

9 - Todas as armas de fogo, facas, espadas, machados e qualquer outro instrumento de combate deve ser mantido sempre limpo e pronto para ser usado;

10 - O homem que ficar noivo sem o consentimento da tripulação, se esquecer de suas funções ou não mantiver suas armas prontas para o combate sofrerá a punição que a tripulação escolher;

11 - Ninguém pode abandonar a pirataria antes de juntar 1000 Libras.

12 - Pendengas entre membros da tripulação devem ser resolvidas única e exclusivamente em terra firme, em um duelo de espadas ou de pistolas. No primeiro caso, perde quem sangrar primeiro, e no segundo, quem for atingido;

13 - Divisão de tesouros, como ouro, prata e jóias:
a) O capitão tem direito à duas partes;
b) O contramestre, o mestre-armeiro, o cozinheiro e o carpinteiro tem direito à uma parte e meia;
c) Os outros oficiais menores tem direito à uma parte e um quarto;
d) Os outros homens, excluíndo prisioneiros, tem direito à uma parte.

14 - Se um homem perder seu casamento e conseguir provar que a causa foi o tempo que ficou no mar, deve ser indenizado em 400 Libras;

15 - Se um membro da tripulação conhecer uma mulher prudente e se intrometer com ela sem o consentimento desta (trocando por miúdos: estuprar uma mulher de bem, mãe de família) deverá sofrer morte certa;

16 - Indenizações por perda de membros e invalidez:
a) Perda do braço direito: 600 Pesos ou oito escravos;
b) Perda do braço esquerdo: 500 Pesos ou cinco escravos;
c) Perda da perna direita: 500 Pesos;
d) Perda da perda esquerda: 400 Pesos;
e) Perda de um olho: 100 pesos ou um escravo
f) Perda de qualquer dedo: 100 Pesos;
g) Invalidez: 800 Pesos;
(nota: cada Peso valia aproximadamente 0,96 Dólares atuais, o que era muito dinheiro na época. Por exemplo, com 10 pesos se podia comprar uma pequena manada de gado)

17 - Os desertores serão punidos com o marooning ou com a morte;

18 - Quem avistar primeiro no Horizonte um navio apto a ser atacado e pilhado tem direito de usar, para o ataque, a melhor pistola e a melhor espada à bordo;

19 - Crianças e mulheres são proibidas à bordo. Quem tentar embarcar qualquer um destes disfarçado será punido com a morte;

20 - Quem desrespeitar as leis deste código será punido com a Lei de Moisés, desde que a punição não esteja escrita junto ao código (a Lei de Moisés é receber 40 chibatadas nas costas desnudas, sem faltar nenhuma);

21 - Quem fumar tabaco no porão sem usar tampa no cachimbo ou usar uma vela sem lanterna sofrerá a Lei de Moisés.

22 - Quem encontrar qualquer ouro, prata, jóias e outros bens valiosos que não foram identificados e divididos entre toda a tripulação terá 24 horas para devolvê-lo ao capitão. Quem não fizer isto sofrerá a punição que a tripulação escolher.

23 - Quem for pego bêbado em seu turno de serviço sofrerá a punição que a tripulação escolher.

24 - Todas as velas e tochas devem ser apagadas às oito horas, e só devem ser acendidas novamente em caso de necessidade. Se alguém quiser continuar conversando ou bebendo depois deste horário o deve fazer no convés.

25 - Quem planejar um motim ou liderar um motim que fracassar será deixado à deriva em um bote, sem provisões nem armas.

26 - O homem fica para trás é deixado para trás.

Dentre os castigos que a tripulação escolhia, os mais comuns eram humilhações diversas, incluindo algumas de cunho sexual, o keelhauling (amarrar uma corda nos pulsos e tornozelos de alguém, formando um anel, jogar a corda por baixo do navio e então puxar esta corda para que a pessoa fique dando voltas por debaixo d'água), "ser posto na cama com a filha do capitão" (o termo filha do capitão significava um chicote de couro com nove caudas, e ser posto na cama por ela significava apanhar até ficar acamado) e também o dance the hempen jig, um dos piores castigos que um pirata podia sofrer. Isto significava ser pendurado em uma jiga de cânhamo (uma corda com um nó de forca - é, a corda era feita disso mesmo que você imaginou), e ser enforcado sem sofrer a quebra de pescoço proporcionada pela queda. Ou seja, a pessoa ficava pendurada e "dançando" até se sufocar, o que poderia durar muito tempo.

Mesmo sendo um código brutal, pode-se notar que este foi quase o primórdio dos códigos e leis trabalhistas atuais, em especial no que diz respeito às indenizações. Este também trazia uma sensação de justiça a bordo, pois ninguém seria julgado única e exclusivamente pelo capitão, e sim sofreria os castigos e sanções que o código propõe.

20 de nov de 2010

A lista dos piores funks do mundo

Postado por Zoi de Tandera


Banir o funk da face da nossa querida e benevolente casa chamada Terra não ia resolver todos os nossos problemas... mas ia fazer do mundo um lugar mais agradável para resolvê-los, certo?


Sabe quando um vídeo de funk é tão ruim que nem as gostosas salvam (se bem que tem uma só repetida no crtl-c/ctrl-v)? Então... atenção ao instante 0:51 min quando o cara erra a letra da própria "música"


PUTA QUE LOS PADRES!!! O mundo tá pra morrer mesmo... Atenção pra olhadinha dramática pro lado na hora do refrão, duvido nada que ele tava olhando pra um cartaz com a letra da "música"
P.S.: Dear gringos: please, stop sending this shit to our country, we are already fucked, we don't need more problems.


Pobres egípcios... fizeram tanto pela humanidade, e hoje em dia são usados como fundo pra clipes de funk... tsc, tsc, tsc... E olha só, no instante 0:27 min ele fala "mair de dér mulhé na minia maaaaaaaaaaaum" [sic] sendo que só tem 8, né.


NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO!!!! Agora os desgraçados cães bastardos do Inferno criadores de funk foram longe demais!!! ESTÁ DECLARADA A GUERRA MUNDIAL TERMO-NUCLEAR CONTRA O FUNK E SEUS ALIADOS!!!! ESTAMOS EM ESTADO DE DEFCON-1!! GUERRAAAAAA!!!!

Mas o que me deixa mais triste nisso tudo é saber que tem gente que realmente gosta disso, sabe? E o que me deixa com raiva é saber que essas pessoas podem tirar título de eleitor...

Se você, querido remelento, conseguiu assistir qualquer um dos clipes acima, faça o seguinte:
1 - Acesse este site;
2 - Recorte a que mais lhe convém;
3 - Imprima em papel cartão duro;
4 - Escreva com canetinha "honra ao mérito de 1ª ordem por coragem sobrehumana"
5 - Cole no peito e use até a morte, e quando morrer, leve ela pra Valhalla e faça inveja nos caras que encontrar lá.

19 de nov de 2010

Quando você ver sua mente vai explodir

Postado por Costela

A primeira impressão engana. Quase sempre.

Clique para ampliar

Quando você ver, vai saber que viu.

18 de nov de 2010

Sai do meio cachorro!

Postado por Costela

Mendigo Kung Fu

Postado por Costela

Esse cara é a personificação do estilo do bêbado.


Obs: O cara tava tomando balada de borracha desde o começo e nem tremeu.
Obs 2: Esse infeliz tá achando que é o Master Chief com esse capacete de Halo?
Obs 3: Alguém lê o que a gente escreve nos posts?

17 de nov de 2010

Não há merda que não possa piorar

Postado por Costela

Puta que pariu. Você acha Justin Bieber ruim? Então olha a versão tupiniquim daquele viadinho.


PUTA MERDA!
O pior é que tem gente pra achar essa merda boa. O que esse menino tenta fazer aos 1:35? Será que ele pensou "Vou fazer uns movimentos com os braços que eu vou parecerum robô muito irado!" ?

A evolução das mãos

Postado por Costela

Do hippie aos hipsters


Detalhe pra Power Balance. Esse mundo tá perdido.

16 de nov de 2010

Um recado para os Vegans

Postado por Costela

Clique para ampliar

Famosos pixelados

Postado por Costela

Há algumas semanas, a PsychWorld, revista digital com foco em psicologia, publicou um artigo apontando como nós, seres humanos, conseguimos reconhecer rostos conhecidos com facilidade.
O que aconteceria se os rostos aparecessem em blocos “pixelizados”, por exemplo? Você seria capaz de identificar quem são as pessoas nas imagens?


Que tal fazer uma tentativa? Tente identificar e escrever aqui nos comentários suas opiniões. Para não influenciar na sua identificação, as respostas estão postadas no final do post. Basta selecionar a linha onde está escrito “Resposta”.



É difícil acreditar que nosso cérebro seja capaz de identificar as faces sem tanta nitidez. Mas, segundo os especialistas, a única coisa que pode impedir você de reconhecer as pessoas a seguir, é se você não está muito familiarizado com a cultura americana.



Selecione esta linha para ver a resposta: 1 – Martin Luther King, 2 – Bill and Hilary Clinton, 3 – Elvis Presley, 4 – Mona Lisa, 5 – Albert Einstein
Peguei o post lá no excelente Buteco da Net.

11 de nov de 2010

Et Bilu - no limite do sensacionalismo

Postado por Zoi de Tandera

O programa do Ratinho terminou há muitos e muitos anos atrás, mas parece que no quesito sensacionalismo e a sede desenfreada por audiência, ele fez escola.



PUTA QUE LOS PADRES!!!! Será que eles não tinham nada melhor pra inventar? Sério, é por causa disso que eu nem assisto mais TV aberta...

Vamos aos fatos:

1 - Bilu? Desde quando um extraterrestre se chamaria Bilu? Eles não tinham um nome melhor, tipo Rengaw Pulseblade, ou Alpha PonytaYanklo? Porra, nos E.U.A., extraterrestres tem nomes maneiros, tipo Alien e Predador, e aqui no Brasil, chama Bilu...

2 - Vá para o instante 0:44, quando ele pula: desde quando um extraterrestre usaria blusa aberta até o terceiro botão mostrando uma correntinha com uma medalhinha? Seria um extraterrestre pistoleiro, ou cafetão?

3 - Olhe atentamente pro rosto de Bilu:

Seria Bilu um aborígene?

4 - Agora, um vídeo que mostra a verdade sobre Bilu:

Serra ama Dilma

Postado por Costela

Auto tune é coisinha de deus na terra.


O amor é lindo né?

Quanto pesa a felicidade?

Postado por Abutre
Para mim 400g.

10 de nov de 2010

Desviou no susto

Postado por Costela

Com um tijolo quase caindo na documentação, qualquer um ganha reflexos de ninja né.

9 de nov de 2010

Como acordar um grande amigo

Postado por Costela

Mulher inventa moda nas chapinhas, e os homens inventam maneiras de passar maquiagem.


Batom na testa. POW!

Publicidade é isso.

Postado por Abutre

Estão espalhados em São Paulo alguns Outdoors do CitiBank que merecem o Oscar da publicidade.



"Crie filhos em vez de herdeiros."


"Dinheiro só chama dinheiro, não chama para um cineminha, nem para tomar um sorvete."


"Não deixe que o trabalho sobre sua mesa tampe a vista da janela."


"Não é justo fazer declarações anuais ao Fisco e nenhuma para quem você ama."


"Para cada almoço de negócios, faça um jantar à luz de velas."


"Por que as semanas demoram tanto e os anos passam tão rapidinho?"


"Quantas reuniões foram mesmo esta semana? Reúna os amigos."


"Trabalhe, trabalhe, trabalhe. Mas não se esqueça, vírgulas significam pausas..."


"...e quem sabe assim você seja promovido a melhor ( amigo / pai / mãe / filho / filha / namorada / namorado / marido / esposa / irmão / irmã.. etc.) do mundo!"


"Você pode dar uma festa sem dinheiro. Mas não sem amigos."

E para terminar:

"Não eduque seu filho para ser rico, eduque-o para ser feliz. Assim, ele saberá o valor das coisas e não o seu preço."

8 de nov de 2010

Pescaria no estilo troll

Postado por Zoi de Tandera


Já ouvi um ditado que diz "não tente caçar moscas com um canhão", mas esse velho deitado não fala nada sobre peixes, certo?



Essa com certeza foi pra lista de coisas que eu quero fazer antes de morrer.

Versões brasileiras [7]

Postado por Abutre

Realmente o nosso amigo Hebert Vianna fez um ótimo trabalho com essa musica.



Essa musica está também no álbum "Frejat e Hebert Viana".

Original

César Polvilho no programa do Jô

Postado por Costela

Dio santo! O César Polvilho é foda demais. Eu já gostava do humor do cara, mas depois da entrevista no Jô eu quase me mijei de rir!






O cara tomou um porre com o Jô no programa dele. ÉPICO!

7 de nov de 2010

6 de nov de 2010

Lokão de Drugs

Postado por Abutre



Se não for Drugs eu não sei o que é.

5 de nov de 2010

#diadodesigner

Postado por Costela

Ah querido tuinter twitter. Se não é ele eu esqueço que hoje é dia do designer, e ia passar batido.
Hoje é o dia reservado à todos aqueles que fazem um serviço muito importante mas não essencial, e é aí que reside a graça dessa arte.

Tem quem diz que ser designer é fácil. Que é só abrir o Fotochópi e sair clicando que ele faz tudo sozinho. NÃO! Bom gosto é uma coisa que se demora anos de trabalho para adquirir, e uma semana sem estudo pra perder.

Mas é inegável que os softwares de hoje fazem muita coisa sozinhos, mas você já parou para pensar como era difícil há 30 anos atrás?


Esse vídeo mostra engenheiros russos em 1980 fazendo um tratamento em uma imagem antiquíssima. Perceba como o "scanner" só digitaliza uma linha de pixels por vez. Depois eles tem que bolar uns algoritmos muito lóki de durgs pra executar o que hoje custam poucos cliques.

4 de nov de 2010

Como ocupar a sua namorada por 2 minutos

Postado por Costela

Nada como ser bobo e feliz. Há muito tempo um vídeo não me faz rir tanto quanto este.


shAUHUhauHushuahasuHUShauHS
Parece até aquele cara do boquinha pequena.


hsauHsuAshauHUShAUSHUhSuashu

O mesário mais troll do universo

Postado por Costela

Nada como um exímio representante da arte da trollagem para alegrar o dia das eleições.


TROLL WINS!

2 de nov de 2010

Luto Eterno my ass

Postado por Costela

O cara fez um vídeo sobre uma coisa que me incomoda desde os primórdios do ICQ. O Luto Eterno.


LUTO ETERNO O CU PRETO! Quem vai ficar de luto pra sempre? Só as viúvas indianas que são burras pacaralho.
E sobre o vídeo? Concordo em gênero, número e degrau.

1 de nov de 2010

Melhores adesivos pra se colocar no carro

Postado por Zoi de Tandera


Adesivinho ou plaquinha estampada do peixinho de Jesus na traseira do carro? NOT! No meu só vai ter um desses aí de baixo!!!
























Trolling...

Postado por Zoi de Tandera

...for teh lulz!!!


Cara, eu ia ficar só mais ou menos puto se alguém fizesse isso com minha carteira de motorista. Fico pensando quanto tempo o dono ficou procurando até encontrar na garrafa no congelador. Sério como eu nem ia esperar descongelar, eu quebraria o gelo na cabeça do troll que fez isso!!!

Vi lá no Fuck Yea Blog

O pai do Mister M

Postado por Costela