24 de jan de 2011

As pessoas mais inteligentemente burras da terra - especial explosões

Postado por Zoi de Tandera


Bombinhas... uma parcela da minha vida de criança! Brincar com artefatos explosivos civis como traques, garrafões, cabeças-de-nego e espoletas foi tão importante pra minha infância que até hoje o cheiro de pólvora queimada me faz lembrar desses tenros anos que nunca voltarão! Bons tempos, não?

Quando eu era criança, meus colegas e eu colocamos uma bomba garrafão (uma bombinha grossa como um polegar, sério, devia ter umas 50g de pólvora naquela merda) enterrada até a metade em um cocôzão monstro de cavalo no meio da rua. Resultado: TODAS as paredes da vizinhança ficaram breadas de merda, alguns estilhaços (leia-se: tocos duros de cocô) voaram para dentro de janelas abertas e um dos meus colegas que estavam perto levou um desses "estilhaços" dentro do ouvido, ficando com o escutadror de pagode cheio de bosta por dias. Foi lindo ver o caos generalizado!

Até então eu acreditava piamente que essa tinha sido a coisa mais imbecil que alguém já fez com explosivos civis, mas essa galera aí do vídeo deixa qualquer um no chinelo:

Nenhum comentário: