14 de set de 2009

Maldita burocracia porca

Postado por Costela

Agora eu vou ser curto e grosso. PAU NU CU DOS BUROCRATAS! Quê? Você não concorda comigo? É porquê não passou a raiva que passei nos últimos dias. Estou numa jornada quase épica para comprar UM ingresso para o Video Games Live. Para quem não sabe Video Games Live é uma orquestra que roda o mundo tocando músicas de vídeo games, e todos os nossos leitores inveterados sabem que sou apaixonado por vídeo games.
Comprar um simples ingresso de um espetáculo não é algo assim tão complicado. Não é, quando você vai comprar uma inteira, pois se você quiser comprar meia, aí meu amigo, pode preparar o pacientômetro. Tem algumas semanas que estou tentando comprar uma meia para o espetáculo, mas o Palhaço Palácio das Artes insiste em fazer hora com a minha cara.
Há algumas semanas venho tentando obter informações com o Palhaço Palácio das Artes sobre como comprar ingressos pela metade do preço, mas os funcionários de lá se mostram estranhamente mal informados sobre o que pode e não pode ser feito. Eu tentei olhar no site deles, mas as informações não são satisfatórias. Liguei lá, mas parece que quem atende os telefones lá são os seguranças e as faxineiras, pois ninguém sabe dar informação nenhuma da portaria. Isso me deixou imensamente estressado, mas eu sou brasileiro, e não desisto nunca.
Na semana retrasada, o Zói de Tandera e a Tia Fê, a nossa primeira costelete, tentaram comprar pela primeira vez os nossos ingressos, mas adivinhem só? Eles não venderam a meia-entrada! Disseram que a minha carteirinha da UNA não servia. Disseram que isso não provava que eu era estudante. Oras, se a carteirinha de uma universidade não provar que sou estudante, o que mais provará? A tiazinha do caixa disse ao meu irmão e à Tia Fê que era necessária uma carteirinha de estudante emitida por um órgão estudantil. OK então.
Sem problemas, eu não vou esmorecer com esta pequena intempérie. Como disse eu sou brasileiro e não desisto nunca! Juntei minhas tralhas em cima do meu burrinho em cima da minha motoca e toquei o puteiro pra fazer a minha carteirinha. Fui lá, paguei 6 reais para fazer a minha carteirinha, demorou 20 minutos, veio errado, esperei mais 20 minutos e fui lá comprar o ingresso. Cheguei na bilheteria de peito estufado com a carteirinha na mão, cheio de orgulho do meu documento novo, mas adivinhem?


Eu quase dei um soco na veínha. É sério. Meu sangue ferveu bolhas de coca-cola na hora que ela disse que a minha carteirinha não servia porquê era da UBEN e não da UBES. Ai meu Jah do céu. Uma letrinha, umazinha! Minha nossa senhora concentradora de bancos de dados googlianos, eu fiquei possesso. A tiazinha deu sorte que aquele vidro com o microfone que não funciona é grosso, porquê eu comecei a dar socos naquela barreira invisível até ele quebrar, mas ela já tinha conseguido correr lá pra dentro. Correr? Você pode correr mas não pode se esconder. Agarrei uma lixeira daquelas de metal e parti atrás dela pelos corredores que são de acesso restrito aos funcionários. Bati demais na mulher.
OK. É mentira. O máximo que eu fiz foi ficar puto e agradecer educadamente à atendente que tem cara de orifício anal. Infelizmente eu sou muito educado. Obra de mamãe. Ela me disse que eu teria que voltar amanhã com um comprovante de que eu estudo na UNA mais a minha carteirinha de lá, ou então uma carteira de estudante emitida pela UBES. Aaaaahh. Agora a minha carteirinha da UNA serve né? Porquê não falou antes? Biscate.
Amanhã eu vou no centro com a Tia Fê, o Zói, e mais um chegado tentar resolver isso. Tomara que ela não me venha com mais uma regrinha para não me vender a meia-entrada que é minha por direito, uma vez que sou estudante de pré-vestibular.
Será possível que eles pensam que vão me vencer no cansaço e me obrigar a comprar uma entrada integral? É, eles estão á ponto de vencer a guerra. Estou quase comprando uma inteira só para não ter mais dor de cabeça.
Eu não sou de todo contra á burocracia, mas acho que tem que ser uma coisa muito bem organizada senão vira esta merda toda que estou passando. Uma burocracia bem feitinha serve para adiantar a vida das pessoas, mas só adianta de verdade quando ela é muito bem estruturada. Se algum trâmite desta burocracia, por menor que seja, ficar falha, todo o processo será negativamente afetado. Vejam só o número de vezes em que tive que me mobilizar só para comprar meia-entrada. Isto não está certo, e não devia ser permitido.

Ficam então algumas dicas para vocês:
- Nunca façam carteirinha da UBEN. Não serve pra nada.
- Não quebrem vidros de velinhas do caixa, pode dar polícia.
- Usem camisinha e evitem filhos. ( Essa é a mais importante. É sério. )
- Usem filtro solar. ( O Pedro Bial disse que é importante né. )
- Não deixem para comprar ingressos para a última hora, pois agora só tem lugares horríveis.
- Me emprestem um real cada um de vocês. Eu prometo que pago.
- E NUNCA, mas NUNCA façam uma burocracia porca em suas empresas. Pode ter certeza que isso trará mais dores de cabeça que benefícios.

Nenhum comentário: